Não Guarde Sua Dor – Desabafe e Assuma as Rédeas do Trauma

by

NÃO GUARDE SUA DOR –DESABAFE E ASSUMA AS RÉDEAS DO TRAUMA

Ao contrário do que se pensa que lembrando uma dor é como se se voltasse ao horror experimentado naquele momento traumático, falar sobre ela, colocar pra fora, desabafar, ajuda a dar um significado e entender o acontecimento, além de modificar a interpretação do caso.

Em geral, uma pessoa traumatizada tende a se isolar. Não verbaliza o evento, não compartilha suas histórias dolorosas. E, justamente pela falta de contar e recontar essas histórias, a pessoa fica com a memória traumática fragmentada. Sente medo, sensações dispersas, sem atribuição de um significado para o que aconteceu. Mas quando ela constrói esse significado, tem a possibilidade de reconstruir o momento trágico, trazendo um aprendizado daquele evento. E é isso que alivia a dor.

Conforme pesquisa de doutorado do psicólogo Julio Peres, falar sobre nossas dores, não só faz com que reorganizemos nossos sentimentos, como ajuda a modificar o funcionamento do nosso cérebro, permitindo que a gente controle a memória da dor que se sofreu.

Portanto, para superar um trauma, algo doloroso, é preciso compartilhar. Conversar com alguém com quem se tenha proximidade e confiança. Alugar o ouvido daquela pessoa, verdadeiramente amiga, que a gente sabe que está disposta a nos escutar e a nos dar alento.

E se alguém foi o causador da dor que se sente, nada de sentimentos de vingança, pois daí se entra num ciclo traumático vicioso que não se acaba e nem resolve o problema. Ao contrário, os traumas só tendem a aumentar.

É preciso, também, que se crie novos objetivos.

Reagir.

Não se deixar esmorecer, buscando dentro de si um novo olhar para o acontecimento, voltando-se para seu lado positivo.

Num primeiro momento, pode se achar impossível encontrar esse lado bom, algo que se aproveite, como um aprendizado ou crescimento pessoal, mas, sempre há.

Fonte:  Época/ Ed 471- Saúde&Bem-Estar- Matéria de Suzane Frutuoso.

                                                                                                          Essa foi Boa!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: