Fortaleça sua Fé em Deus e dê um pontapé no Medo e no Estresse

by

Segundo um estudo da Universidade de Toronto, no Canadá,cuja pesquisa foi publicada na revista Pyschological Science,acreditar em Deus pode ajudar a acabar com a ansiedade e reduzir o estresse.

A pesquisa envolveu a comparação das reações cerebrais em pessoas de diferentes religiões (cristãos, muçulmanos, hinduístas ou budistas) e em ateus, quando submetidos a uma série de testes.

Mesmo quando cometiam erros, quanto mais fé os voluntários tinham, mais tranquilos eles se mostravam diante das tarefas,segundo os cientistas.

Mas não foram os participantes fundamentalistas que obtiveram o melhor resultado nos testes e sim aqueles que acreditavam que “Deus deu sentido a suas vidas”, afirmaram os pesquisadores.

Na comparação com os ateus (que argumentaram que o estudo não prova que Deus existe, apenas mostra que ter uma crença é benéfico), os participantes que acreditavam que “Deus deu sentido à suas vidas”, mostraram menos atividade no chamado córtex cingulado anterior,que é
a área do cérebro que ajuda a modificar o comportamento ao sinalizar quando são necessários mais atenção e controle, geralmente como resultado de algum acontecimento que produz
ansiedade, como, por exemplo, cometer um erro.

O cortex soa como um alarme quando a pessoa se sente insegura ou comete erros.
“Os voluntários religiosos ou que simplesmente acreditavam em Deus mostraram muito menos atividade nesta região. Eles são muito menos ansiosos e se sentem menos estressados quando
cometem um erro.” Disse Michael Inzlicht, professor de psicologia e coordenador da pesquisa.

Ele também esclareceu/lembrou que a ansiedade é “uma faca de dois gumes”. Diz ele: “Ela pode ser negativa,porque se a pessoa sofre repetidamente com o problema,pode ficar paralisada pelo medo, mas ela também pode ser necessária e útil,em algumas situações,que é nos avisar quando estamos fazendo algo errado.”
“Se a pessoa não se sentir ansiosa com um erro, que ímpeto vai ter para mudar ou melhorar para não voltar a repetir o mesmo erro?” concluiu o Professor Inzlicht.

Essa foi Boa!
fonte: BBC/Ciência – mar/2009

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: